A Ford há alguns anos tem investido nos comandos de voz para aumentar a segurança do motorista e dos passageiros, permitindo operar uma série de funcionalidades, como ler mensagens SMS do celular e trocar de música na central multimídia sem tirar as mãos do volante nem os olhos da estrada.

Toyota já anunciou a adoção da tecnologia em seus veículos

Agora, essa tecnologia, batizada de SmartDeviceLink, tornou-se uma plataforma aberta. Isso significa que a Ford liberou o uso desse softwarecom licenciamento livre para terceiros – a Toyota já anunciou que irá adotá-lo em seus automóveis e outras fabricantes, como Peugeot, Citroën, Honda, Subaru e Mazda, estudam seguir o mesmo caminho.

A Ford, inclusive, lançou um vídeo para demonstrar os recursos e as capacidades do SmartDeviceLink que, em conjunto com a tecnologia AppLink, permite operar aplicativos compatíveis, como oSpotify, não somente pela voz, mas também por toque na tela multimídia do veículo e por botões convencionais presentes no volante e no console central. O Ka, modelo de entrada da fabricante no Brasil, já oferece esses recursos.

As montadores que aderirem ao SmartDeviceLink poderão personalizar seus sistemas multimídia e de entretenimento, trazendo visual e interface de operação exclusivos, com assessoramento da Livio, subsidiária da Ford responsável por gerenciar o código aberto. A intenção é que esse sistema vire um padrão na indústria automotiva, permitindo aumentar o número de aplicativos disponíveis.

(fonte)