Nissan Gripz, modelo 2+ 2, com visual agressivo e proposta esportiva

A interatividade homem-máquina é o que prometem os veículos do futuro. Os carros conceitos apresentados em Frankfurt revelam que este futuro não está tão distante. A tecnologia já produz carros inteligentes e autônomos (que dispensam o motorista). No motorshow alemão há propostas que apontam caminhos para os carros das futuras gerações de automóveis.

 

A Mercedes-Benz surpreendeu com o IAA (“Intelligent Aerodynamic Automobile”) que aumenta de tamanho graças a um toque de botão para garantir o menor coeficiente de arrasto (cx) possível. O motorista pode alongar a carroceria e obter um cx apenas 0,19, bem superior à medida de 0×30 conseguida por carros de boa aerodinâmica. A motorização híbrida fornece 274 cv de potência.

 

Inspirado em carros de rali e bicicletas de corridas, a Nissan exibiu o Gripz Concept, um modelo 2+2 que mistura a praticidade e a capacidade de um crossover compacto com o desempenho de um veículo esportivo. A Citroën mostrou em Frankfurt o Aircross Concept. O conceito nada tem a ver com o Aircross que é vendido no Brasil. Seu visual remete ao crossover C4 Cactus, porém é mais agressivo e robusto, com pitadas de sofisticação e híbrido.

 

(Fonte)